CRIAÇÃO DE RÁDIOS WEB,S

DJAIR NOGUEIRA 85-985009910

terça-feira, 25 de junho de 2013

Ministério Público sugere que governo de Minas cancele jogo entre Brasil x Uruguai

Um grupo formado por vários segmentos da sociedade, dentre eles, o Ministério Público Estadual (MPE-MG) e a Defensoria Pública, sugeriu nesta segunda-feira ao governador do estado Antonio Anastasia que a partida entre Brasil e Uruguai, pela semifinal da Copa das Confederações seja cancelada. A possibilidade de o poder público não ter condições de resguardar os cidadãos motivou o pleito.

- A missão desta comissão é estreitar o diálogo entre as diversas partes para que os ânimos sejam acalmados e todos tenham seu direito de exercício da cidadania respeitados. Da mesma forma, busca-se ajudar a coibir o vandalismo e a ação daqueles que desejam se aproveitar dos movimentos populares - explicou o promotor de Justiça, Fábio Reis de Nazareth.

Denominada Comissão para Prevenção à Violência em Manifestações Populares, o grupo também conta com a participação de movimentos sociais, da Ouvidoria de Polícia, das Polícias Militar e Civil, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, da Câmara Municipal de Belo Horizonte e do Conselho Estadual de Direitos Humanos.

Já as polícias militar e civil de Belo Horizonte cogitaram a possibilidade de o exército ser acionado para ajudar a conter as manifestações populares de quarta-feira. O comandante Geral da Polícia Militar de Minas Gerais, o coronel Márcio Martins Sant'ana, admitiu que não há como evitar os confrontos contra os manifestantes.

Por isso, o plano em elaboração tem por finalidade evitar um alto grau de enfrentamento, como ocorreu no último jogo no Mineirão, entre Japão e México, no sábado. A preocupação da polícia se deve ao fato de que, se no sábado participaram 70 mil pessoas, o número estimado para quaarta-feira é de 100 mil.

Mobilização nas redes sociais

A população de Belo Horizonte tem procurado as redes sociais para se organizar. Para terça-feira está convocada uma concentração para a confecção de cartazes e faixas do 5 Grande Ato, que será na quarta-feira, durante o jogo do Brasil e Uruguai.

Além dos pedidos de cartazes, há também instruções para quem deseja participar da manifestação, que promete ser pacífica. Mas, caso algum confronto ocorra contra policiais, há um alerta sobre como o protestante deve estar vestido.

De acordo com os organizadores, todos deverão ter vestir blusa de manga longa, calça, luvas, lenço para o rosto, óculos de proteção e preferência por tênis, que facilita na hora da corrida. O horário determinado para o início da manifestação é ao meio-dia, na Praça Sete, no Centro, de onde todos irão para o Mineirão. Matéria vinculada no link
 

Nenhum comentário: