CRIAÇÃO DE RÁDIOS WEB,S

DJAIR NOGUEIRA 85-985009910

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

VIDA QUE SEGUE

                        Sales não tinha Paixão e sim, AMOR pelo IBGE e o Fortaleza
Não é fácil viver no mundo sem a presença das pessoas que amamos, claro, é contestável, o amor que tenho pelos meus Pais, (principalmente a minha MÃE que partiu há mais de 20 anos) é uma, pela minha esposa TEREZA é bem diferente das Mãe dos outro filhos, pelos meus FILHOS é outro(amo meus filhos por igual, sem diferença, e desejo o bem de todos) com meus IRMÃOS e FAMILIARES também é bem diferente (existe uma passagem na vida que diz assim, "Irmãos, Filhos não se escolhe é determinação de DEUS, mas amigos podemos selecionar".) Eu sou diferente de você!  Abro espaço e direito para que você conteste o que escrevo agora. Hoje a minha MÃE faz uma falta muito grande nas minhas confidências, caminhadas e sonhos, mas recentemente vivi dias felizes da minha vida que me levou a chorar pelas ruas de NEW YORK ao passar nas famosas praças e locais de grandes filmes exibidos ontem e hoje em CINEMAS e TVs, sem contar com as badaladas de quem já viveu momentos com os NOVAYORQUINOS na cidade mais desejada e badalada por pessoas do mundo inteiro. Lá não me saía da cabeça uma pessoa que se vivo fosse estaria naqueles momentos vibrando e me acompanhando pelos brinquedinhos usados no dia de hoje com recursos da internet,, a pessoa na qual me refiro, é um PAI/AMIGO que tem o nome de FRANCISCO SALES CARVALHO, eu não tinha e não tenho o seu DNA, mas me conforto e me sinto orgulhoso quando me chamam de " filho do SALES."
 
                   Seus 80 anos foi comemorado junto de seus filhos e familiares
Sales era meu orientador, me tinha como filho somando aos três que tinha seu DNA que são: Dr. Fernando(Dentista), Dra. Célia(Advogada) e e sua caçula Dra. Clélia(Arquiteta). Como todos tinham também a confiança na minha pessoa tinha momentos que eu era solicitado para acompanhar na briga da sobrevivência de um câncer do nosso grande mestre na estatística (como Delegado do IBGE na época) e na comunicação(como redator de Jornais/Radios e no Radioamadorismo onde militou como presidente da LABRE/CE)  eu era a pessoa de sua verdadeira confiança até chegar ao ponto de confiar sua senha bancária para movimentar com saques, pagamentos e retiradas de extratos, fazia eu, quando era chamado e confesso-lhe que não tinha a mínima curiosidade de observar um centavo da referida conta. Porque eu já tinha a minha recompensa em ser orientado nos meus passes de vida, do meu trabalho e na minha vida pessoal, a experiência de vida que tinha meu mestre SALES me deixava tão seguro que eu não tinha coragem de trair sua confiança até mesmo em seus segredos.
                           Jones Cavalcante e Francisco Sales Carvalho
O que mais me admirava no SALES tinha uma inteligência que era incontestável, chegava a me orientar tanto que tomamos a liberdade de nos considerar PAI e FILHO, ah...um detalhe; meus PAIS não tinham ciúmes daquela nossa amizade, era algo tão positivo que ao lembrar o coração já comprometido fica mais fragilizado neste momento de escrever essa lembrança de um verdadeiro homem com histórias que ficaram gravadas até em  livro (História de Vida dos Servidores do IBGE/CE), lançado e escrito pelo nosso chefe desta unidade (antes conhecido como delegado) Sr. Francisco José Moreira Lopes. 
                                               
Voltando a lembrar da minha viagem relatando um sonho realizado em NY volto a falar da possível vibração do PAI/AMIGO, não tenho dúvida que os dias vividos no País Americano seria tão comemorado e vibrante pelo amigo e pai que não tenho palavras para relatar, só a triste na lembrança da partida que me tira palavras, SALES partiu há 6 anos atrás, exatamente no dia 9 de Outubro de 2007,
Rodada dos Apressados seu outro lado de amor, esse mês completa 33 anos e continua de QAP
Portanto amigos, 6 anos se passaram e eu lembro como se fosse hoje aquele momento gravado na minha cabeça, o momento que fui solicitado pelo seu filho Dr. Fernando, "EU ESTAVA TRABALHANDO E FUI CHAMADO PELO SEU FILHO BIOLÓGICO" Falava ele, Jones Cavalcante ou "tio Jones" como me chamam hoje seus netos, vem prá cá, "O PAPAI toda hora chamando pelo seu nome, vem logo, diante do relato da solicitação do SALES fui correndo sem olhar para o tempo, nem se existia carros na minha frente, estava lá eu para uma despedida com hora marcada e jamais esquecida. o tempo foi o suficiente para pegar na sua mão e ele partir. Assim foi a minha amizade com um homem que eu ainda choro e não tenho vergonha de dizer que o AMO assim como seus filhos. Francisco Sales Carvalho, Nasceu dia 29 de Janeiro e faleceu dia 09 de Outubro, há 6 anos partiu um dos melhores amigos. "Que Deus o tenha em um bom lugar"

Nenhum comentário: