CRIAÇÃO DE RÁDIOS WEB,S

DJAIR NOGUEIRA 85-985009910

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Expansão de blogues e rádios comunitárias abala o coronelismo no Maranhão

 
Sinal amarelo no Palácio dos Leões: acabaram os currais eleitorais

O acesso ampliado à Internet pode quebrar o método tradicional de vitória da oligarquia Sarney no governo do Maranhão, qual seja: o coronelismo associado ao uso da máquina pública para beneficiar o candidato do Palácio dos Leões. Para José Sarney, sempre foi fácil ganhar eleições no esquema vertical, formado pelo cumprimento das ordens emanadas do governo do estado para as prefeituras, destas aos vereadores e operacionalizadas na base.

Era assim o coronelismo reproduzido nas instâncias municipais, através da cooptação dos prefeitos que, por sua vez, dominavam as lideranças locais. Porém, esta lógica do curral eleitoral parece falida. Os prefeitos perderam o controle dos munícipes e o Palácio dos Leões entrou em desespero. Dois fatores combinados convergem para fundamentar esta análise: 1) o desgaste do indefensável governo Roseana Sarney (PMDB); 2) as novas formas de busca e compartilhamento de informações através da Internet.

A popularização do acesso à Internet, através dos aparelhos celulares, está desencadeando um fato novo, cuja repercussão no jogo político do Maranhão já pode ser notada. O acesso ampliado à rede mundial de computadores quebrou o monopólio da informação, até bem pouco tempo detido pelo Sistema Mirante de Comunicação, sob o controle da oligarquia Sarney. Com a web na palma da mão, milhares de pessoas não só acessam blogues e sites, como também produzem e disseminam conteúdo nem sempre alinhado ao Palácio dos Leões.

Centenas de blogues e rádios comunitárias espalharam-se pelo Maranhão, sem o controle total da Secretaria de Comunicação (Secom) do governo Roseana Sarney. Os emissários do candidato a governador Luís Fernando Silva (PMDB) estão conversando diretamente com os blogueiros e locutores de rádios comunitárias, na tentativa desesperada de cooptá-los, mas está cada dia mais difícil. Aquele método arcaico de dar ordem ao prefeito acabou. Os coronéis municipais perderam o controle dos seus currais. As cercas foram cortadas e o povo conectou-se à rede mundial de computadores, às parabólicas, às rádios comunitárias e aos blogues locais e regionais.

Não estamos, de maneira nenhuma, menosprezando a força do monopólio midiático do Sistema Mirante de Comunicação, que ainda tem muita gasolina para queimar no jogo eleitoral. No entanto, é preciso observar os outros movimentos e pulsações midiáticas, principalmente aqueles emanados da articulação dos blogueiros e comunicadores comunitários. Para o bem e para o mal, consorciados ou não aos prefeitos, os blogues fazem a mediação entre os interesses estadual e os municipais, estes nem sempre alcançados pelo Sistema Mirante.

Os blogues vinculados aos municípios, com ou sem o patrocínio dos prefeitos, disseminaram as possibilidades de produzir e difundir informações e opiniões. A Secom de Roseana corre contra o tempo para censurar e cooptar os ativistas da Internet. Já sem o controle total dos prefeitos, o governo desacreditado de Roseana e o seu candidato Luís Fernando vão enfrentar mais dois problemas: a rejeição do povo e a comunicação emergente sem o domínio total do Palácio dos Leões.

Em 2014, tudo indica que haverá primavera no Maranhã.
Fonte: Blog do Ed Wilson

Nenhum comentário: