CRIAÇÃO DE RÁDIOS WEB,S

DJAIR NOGUEIRA 85-985009910

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Torcedor do Sport quebra cadeira e é preso no Castelão, Fortaleza empata de 0 X 0 e Ceará perde para o Bahia.

Fortaleza e Sport falham na missão de fazer o primeiro gol do novo Castelão e ficam no empate por 0 a 0

Fortaleza e Sport/PE bem que tentaram, mas ninguém carimbou o placar do primeiro jogo da rodada dupla que inaugurou a Arena Castelão, ontem à tarde, pela Copa do Nordeste.

Jailson atuou de forma discreta, mas deu assistência para a melhor chance do Leão FOTO: KIKO SILVA

O Leão da Ilha ainda colocou uma bola na trave e o Leão do Pici perdeu um gol incrível no segundo tempo, com Rafinha, o que manteve o placar em 0x0 no clássico do Nordeste.

Vários passes errados de ambos os lados, falhas nas finalizações por parte dos dois times e até o cansaço físico do Tricolor cearense na reta final formaram o cenário do empate.

Com a vitória do agora líder Confiança diante do Sousa, o Tricolor caiu para a terceira posição do grupo B, com 4 pontos, enquanto o Sport perdeu a ponta e agora é o segundo, com 5.

Na próxima quarta-feira, 30, os dois times voltam a se enfrentar na Ilha do Retiro, em Recife, às 21h15 (de Fortaleza).

O jogo

O primeiro tempo começou com duas investidas do Fortaleza. No primeiro momento, Esley arriscou chutar de longe, e o goleiro Magrão defendeu. Em seguida foi Assisinho que limpou a marcação e bateu forte para o gol, mas a bola passou por cima.

Uma oportunidade melhor veio logo aos 13 minutos. Lucas roubou a bola e rolou para Jailson, que bateu cruzado e a bola passou perto da trave direita. Mas o Sport também perigou, em chute de Marcos Aurélio.

O jogo prosseguiu com marcação forte e esquentou novamente aos 32 minutos, quando Roger mandou uma bomba da esquerda, e João Carlos defendeu.

No minuto seguinte, o atacante Jailson roubou a bola do zagueiro Mateus, entrou na área, mas chutou fraco antes de cair, enroscado no mesmo zagueiro, em lance duvidoso, quanto à marcação de penalidade.

O Sport chegou a mandar uma bola na trave, com Cicinho, aos 38 minutos iniciais. No segundo tempo, o Sport ainda prolongou sua boa performance do fim do primeiro tempo. Logo no primeiro minuto, Fábio Bahia chutou de longe, a bola desviou, mas João Carlos pegou.

O Fortaleza teve a bola do jogo, aos 36 minutos. Jailson rolou para Rafinha, que na pequena área, chutou por cima. E fazendo jus ao 0x0, Gilsinho chutou cruzado, mas João Carlos salvou, com a ponta dos dedos.

Jogadores do Tricolor enaltecem Arena

Em sua maioria, os jogadores do Fortaleza elogiaram as condições da Arena Castelão, da qual participaram da inauguração na tarde de ontem, no empate em 0x0 com o Sport de Recife.

"É um marco para a carreira de cada um de nós fazer o primeiro jogo da rodada que inaugura a Arena Casteão, um estádio pronto para grandes eventos, como a Copa das Confederações e o Mundial 2014", abriu os elogios, o técnico Vica, do Fortaleza, ainda no intervalo do jogo.

O atacante Assisinho também se sentiu honrado em participar da partida. "É importante participar de um jogo como esses, que fica para a história. O estádio está muito bom e tudo está muito bacana por aqui", disse.

Outros atletas do Leão também aprovaram o estádio, como o volante Everton. "É um estádio de Copa do Mundo, então, dá para se ter uma ideia. Tem um campo excelente para se jogar futebol. Essa foi uma das razões que o nosso jogo contra o Sport foi gostoso de ser ver, com as duas equipes buscando o resultado. Acho que quem ganhou foi o público, embora o gol não tenha vindo", ponderou ele. Por fim, Everton concluiu: "É um estádio excelente, que dá condições para o atleta dentro de campo mostrar o seu futebol".

O lateral-direito Rafinha, do Leão, não se furtou aos elogios: "Espetacular. Muito bonito, um gramado muito bom e está de parabéns a Arena e as autoridades que o construíram", disse o atleta, que poderia ter feito a torcida sair satisfeita, se tivesse feito um gol que perdeu. http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1228099

ESSA MATÉRIA É DO COMPANHEIRO IVAN BEZERRA
Repórter

Matérias do DN confira,

Um torcedor do Sport foi preso na Arena Castelão, após quebrar uma cadeira do estádio durante a partida do clube pernambucano e o Fortaleza. De acordo com o delegado Elzo Moreira, o homem que não teve o nome divulgado já responde a crimes no Estado de Pernambuco. Veja foto e vídeo

FOTO: Ilo Santiago. http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=353249

"O crime é afiançavel, mas ele vai ter que responder a danos ao patrimônio público", afirmou o delegado. O torcedor estava vestindo uma camisa de torcida organizada do Sport.

Bahia vence Ceará na Arena Castelão e é líder do Grupo A da Copa do Nordeste

O Ceará recebeu o Bahia, na reabertura da Arena Castelão e acabou perdendo por 1 a 0. A partida aconteceu na noite deste domingo (27), válido pela 3ª rodada da Copa do Nordeste. O resultado deixou o Bahia na liderança do Grupo A, com 7 pontos. O Ceará ocupa a 3ª posição, com 4 pontos conquistados.

primeiro tempo. A equipe baiana começou assustando aos 7 minutos. Na cobrança de falta, Titi mandou a direto pro gol, a bola chegou a bater em Rafael Vaz e quase enganou o goleiro Fernando Henrique. O Ceará tentava chegar ao ataque, com Luiz Henrique e Ricardinho, porém, sem objetividade.

O Bahia teve uma certa facilidade de chegar ao ataque. Em uma das jogadas, Zé Roberto lançou para Kléberson, que cruzou na área. Ryder, livre de marcação e na cara a cara com Fernando Henrique, furou feio. O primeiro gol do novo Castelão foi do Bahia e saiu aos 33 minutos.

O atleta Neto chegou pela esquerda e cruzou na área. Zé Roberto cabeceou e Fernando Henrique conseguiu fazer a defesa. Mas no rebote, o pentacampeão Kleberson não desperdiçou, mandando uma bomba, sem chances de defesa.

Após o gol, o Ceará partiu pra cima do Bahia. O lateral Vicente quase empatou a partida no Castelão aos 38 minutos. O atleta pegou bem de fora da área e acertou a bola no travessão. O Vozão continuou na pressão. 4 minutos depois, foi a vez de Ricardinho também arriscar de fora da área e acertar o travessão. O Bahia segurou a pressão do Ceará e foi para o intervalo com vantagem no placar.

2º Tempo

O Ceará não se encontrou no segundo tempo. O time alvinegro não conseguia criar jogadas que oferecesse perigo para a meta do goleiro Marcelo Lomba. O Bahia jogou boa parte da etapa complementar mais recuado, explorando os contra-ataques.

O Ceará chegava pelas laterais e lançava para a área, mas sem nenhum objetivo. Em uma das poucas jogadas de perigo do Vozão, Magno Alves aproveitou cruzamento da esquerda e cabeceou direto pro gol. A bola passou com perigo no lado direto do gol de Marcelo Lomba. O técnico Ricardinho realizou todas as alterações, mas o time não conseguiu melhorar a movimentação em campo.

O Bahia continuou nas jogadas de contra-ataque e sem muitas dificuldades, soube segurar as invertidas do Ceará que ocorreram no fim do jogo. Ceará amarga derrota na reabertura do Castelão.

http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=353252



Nenhum comentário: