CRIAÇÃO DE RÁDIOS WEB,S

DJAIR NOGUEIRA 85-985009910

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Pelé vestiu a camisa do Fortaleza e outro craque do Santos foi campeão como técnico do tricolor

PELÉ, PEPE e COUTINHO
O Santos Futebol Clube está comemorando 100 anos de fundação e dois dos maiores craques do Alvinegro Praiano, do Time da Vila Belmiro, também estão ligados ao passado do Fortaleza Esporte Clube. Em 1959 já famosos e campeões mundiais pela Seleção de 1958, Pelé, Pepe, na foto ao lado de Coutinho disputaram um amistoso contra o Leão do Pici, no Presidente Vargas que terminou empatado em 2 x 2. Antes da partida Pelé e Pepe, atendendo a um pedido da diretoria do Fortaleza, em um gesto de cortesia, vestiram a camisa do Tricolor do Pici e deram uma volta olímpica no gramado do PV. O jornalista, escritor e historiador Zelito Magalhães fez uma pesquisa nos jornais da época e relata o episódio. Além disso Pepe após encerrar sua carreira em 1966 sagrou-se campeão cearense como técnico do Leão em 1985.

Pepe campeão no Clube da Garotada
Em 1985 o Fortaleza trouxe para treinar o seu elenco o ex-jogador do Santos, Pepe(José Macias) e conquistou o estadual de número 27 ao empatar em 0 x 0 com o Ceará em 22/12 no Estádio Castelão. Com 405 gols marcados em 750 partidas, Pepe é o segundo maior artilheiro da história do Santos, perdendo apenas para Pelé. Ele alega ser "o maior artilheiro humano da história do Santos - porque Pelé veio de Saturno". Em 15 anos de clube (1954 a 1969), ganhou o apelido de "Canhão da Vila", por seu fortíssimo chute de esquerda.
Também ganhou duas Copas do Mundo pela Seleção Brasileira em 1958 e 1962.Pepe é considerado um dos maiores ponta esquerdas da historia do futebol. Mesmo jogando com artilheiros natos como Pelé e Coutinho, conseguiu marcar 405 gols com a camisa do Santos. Para se ter uma ideia, tirando Pelé, apenas dois jogadores marcaram mais gols que Pepe por um único clube: Roberto Dinamite pelo Vasco da Gama marcou 620 gols e Zico pelo Flamengo que marcou 500 gols.
Um dos pontos fortes de Pepe eram suas cobranças de falta que o colocam entre os maiores cobradores de falta de todos os tempos. Exímio cobrador ficou conhecido por derrubar seus adversários que se arriscavam formando barreiras. Pepe tinha tamanha precisão nas cobranças de falta que, em 1963, na final do Mundial de Clubes contra o Milan, marcou duas vezes em tiros livres no segundo jogo da decisão. Pepe poderia ter sido o titular da Seleção Brasileira nas campanhas de 1958-1962, mas por duas vezes sofreu contusões às vésperas da Copa e foi substituído por Zagallo. Da primeira vez, sofreu uma pancada no tornozelo num amistoso na Itália. Na segunda, teve uma torção no joelho num jogo amistoso no Morumbi. MATÉRIA VINCULADA NO JORNAL ESCANTEIO,
POSTADA PELO COMPETENTE JORNALISTA RAMON PAIXÃO. Confira no link.
http://www.jornalescanteio.com.br/2012/04/pele-vestiu-camisa-do-fortaleza-e-outro_15.html

Nenhum comentário: