Noticias Atualizadas

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Carta de Dona Lindu, mãe de Luiz Inácio Lula da Silva

Garanhuns 31 de dezembro de 2010.

 

Saudações

 

Meu filho Luiz Inácio espero que esta te encontre com saúde, muito tempo já passou depois daqueles dias de lutas e sofrimentos, que nunca foram exclusividade da nossa família, milhões de irmãos brasileiros sofreram e ainda sofrem como a gente, mas hoje sei que sofrem menos. Amanhã Luiz, tu estarás deixando a presidência do Brasil, só eu e Deus, sabemos o quanto foi difícil, não pela tua história igual a de milhões de brasileiros e brasileiras, mas pelo preconceito de uma minoria que durante anos e anos não olhava com amor para nosso povo.

Estou muito feliz meu filho, você chegou lá, representando esse povo sofrido e saiba Luiz, sei que fez o melhor que pode para ajudar o nosso povo. Luiz como estou emocionada meu filho, não vá chorar muito, apesar de saber que sua lágrima é sincera e de amor, e até isso deixa os que não amam e não conhecem o povo, com um sentimento que eu não sei muito bem definir. Parece um pouco com inveja misturada com raiva. Depois de tantos ricos, e doutores letrados ( é claro que todo mundo tem que estudar, mas sabe que naquela época isso era privilégio dos filho de gente rico) que governaram esse país não deram tanta oportunidade para os que mais precisavam e ainda precisam como seu governo. Fez o possível Luiz e o possível foi muito, deu início há um novo período, isso explica o aparente inexplicável preconceito que ainda sofre. Liga não, não é só com você filho, essa gente não sabe o o que é gente simples, as dores e a alegria do povo, acho que nunca irão entender, só pensam em dinheiro , só nisso, que é bom filho mas não é tudo, a vida, digna, respeito as pessoas, dormir em paz o sossegado com a alma tranquila é bem melhor.
Négócio de povo pras elites filho, isso é conversa, povo só da boca pra fora e em época de eleições.
Conhece a alma do povo filho quem sabe o que é povo. Mesmo que uma pessoa não seja ou tenha sido pobre, mas tenha solidariedade com as dores e os sofrimentos do povo e saiba vivenciar seus belíssimos momentos de alegria e partilhar dos seus desejos e sonhos por uma vida mais justa, ela será capaz de amar profundamente as pessoas por mais simples que elas sejam. Assim nunca fez nossas elites e o Brasil sempre sofreu com isso, vamos pra frente agora é outra história.
Sei que teve momentos difíceis filho, até mesmo de incompreensão de tua luta junto com seus companheiros(as) até pelas pessoas mais simples, te vi chorar dia atrás falando sobre isso em Recife filho, mas saiba que o povo compreendeu que você só tinha e têm um ojetivo na sua batalha , lutar para dar oportunidade para os que nunca a tiveram, conseguiu filho, pode olhar nos olhos dos meus netos e dizer com dignidade "o pai de vocês não se envergonha de ter lutado".
No teu governo Luiz (que foi nosso também, do povo) toda sua batalha foi recompensada, a luta não foi em vão. O povo melhorou de vida filho, é só olhar e vê. Hoje as pessoas vive como mais dignidade. Isso é muita coisa filho em um país deste tamanho em que milhões de pais e mães de família já tinham perdido até mesmo a esperança.
Filho como gostava de repetir que o desejo e que tua luta era para que "um trabalhador ou uma trabalhador tivesse com sua família o direito as três fereições diárias ", milhões já fazem isso filho, milhões já fazem e Dilma e seu governo que peço de novo Deus abençoe continuará para que mais nenhum irmão brasileiro passe fome filho.
Luiz, além das três refeições por dia e de ir a um restaurante com a criançada uma vez por mês, já estão vindo, os que moram no sul visitar seus parentes de avião aqui no Nordeste. É muita alegria Luiz, uma festa esse reencontro filho, desculpa fico emocionado só em pensar. Lembra as músicas do Luiz Gonzaga filho que escutávamos no rádio? É parecido com esse momento , parecida contigo e muitos de nossos irmãos que siram de suas terras pra construir esse Brasil:" minha vida é andar por esse país pra ver se um dia descanso feliz ..... bonito filho, são sou de chorar por qualquer coisa, mas me desculpa.

Nos próximos dias descansa um pouco meu filho, sei que é um pedido difícil, mas você já não é mais aquele molecote que saia brincando de baladeira ou jogando bola quase todo dia. Dá um forte abraço na Marisa (tua Galega), ela soube ter muita paciência e compreendeu tua luta e de todos que junto contigo na madrugada fria das portas de fábrica souberam que eram capazes de mudar o Brasil, nunca, nunca se esqueça deles e delas. Estou orgulhosa Luiz, como teu pai com certeza também estará, de onde estamos escutamos um grito tão forte que sai do fundo do peito dos teus irmãos, que são todos os brasileiros de que dizem "nós te amamos".

Meu Caro Luiz rezo todo dia para que Deus ilumine Dilma essa guerreira, meus netos, teus irmãs e irmãs e todo o povo, para que continuem construindo um Brasil mais justo e democrático. Nem a cela da prisão, nem o grito de arrogância dos poderosos e a violência que levou a vida de muitos dos seus companheiros e companheiras foram capazes de parar sua luta e seu sonho de vê esse povo feliz. Cabeça erguida meu filho. Cabeça erguida, lutar como sempre fizemos apesar das dificuldades, nunca da pobreza, pois não se é pobre quando se constrói a vida com dignidade, honradez e decência. Temos sempre que lutar por dias melhores e não ficar só reclamando, sei que aprendeu bem a lição meu filho, e olha quanta humilhação e discriminação você foi vítima, não houve melhor resposta que sua própria história e hoje não tenha vergonha filho, comemore, você venceu.

Luiz muitos anos de vida, muita paz, pedir humildade de você seria exagero, mas não custa nada. Meu filho, que há muito tempo não é só meu, pois também é filho deste gigante lindo e maravilhoso que agora desperta chamado Brasil. que Deus te abençoe, muita paz e saúde. Saiba e não esqueça erguer os braços aos céus agradecer a Deus por ter te dado o diploma que nenhuma faculdade na terra te daria, que é o reconhecimento o carinho e amor de praticamente toda uma nação, desculpe a falsa modéstia filho, mas não é uma nação qualquer, posso até dizer apesar dos meus poucos conhecimentos por não ter alisado banco de escola que é uma nação continente. Que Deus me perdoe, mas que a partir de hoje esse país também pode ser chamada de o Brasil de Luiz Inácio Lula da Silva, o Brasil do Povo. Feliz ano novo, muitos anos de vida um forte abraço e que Deus te abençoe.

 

Desculpas por essas linhas mal traçadas e um grande beijo da tua mãe Lindu.

Garanhuns (Caetés) – Pernambuco

Matéria do blog do companheiro do PT

http://www.antoniocarlospt.blogspot.com/

Nenhum comentário: